itcanbetaught.com/usuario/chenriquemedeiros/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > chenriquemedeiros
(BRA)
Usuário desde Julho de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Curto os clássicos da Era de Ouro do cinema americano, com suas comédias de screwball dos anos 30; seus suspenses noir na década de 40; seus musicais e sci-fis dos anos 50 e 60... Curto cinema estrangeiro sul-coreano, único capaz de rivalizar com Hollywood, mas que infelizmente chega pouco até nós; os dramas filosóficos e problematizantes do cinema francês e italiano; o existencialismo e humor negro dos escandinavos; a beleza e delicadeza do cinema turco e iraniano; o vigor do cinema argentino e latino; e um bom terror pra rebater.

Diretores preferidos: Bergman, Hitchcock, Kubrick, Billy Wilder, Frank Capra, William Wyler, Haneke, David Lynch, Lars von Trier, Ki-duk Kim.

Atrizes preferidas: Bette Davis, Katharine Hepburn, Joan Crawford, Ingrid Bergman, Susan Hayward, Audrey Hepburn, Marilyn Monroe, Isabelle Adjani e Isabelle Huppert.

Atores preferidos: Marlon Brando, Laurence Olivier, Montgomery Clift, Gary Cooper, Errol Flynn, Cary Grant e William Holden.

★ Ruim
★★ Regular
★★★ Bom
★★★★ Ótimo
★★★★★ Obra-prima

Últimas opiniões enviadas

  • C Henri

    Eu adoro filmes de terror independentes e diferentes, mas este aqui é pretensioso ao extremo. Poderia ter meia hora a menos e me poupar tempo perdido se não usasse tanto slow motion. É só nisso que se baseia, tentando criar uma atmosfera com slow motion, iluminação em tons de azul e vermelho (que não é nenhuma novidade, basta ver Suspiria na década de 70) e uma trilha sonora eletrônica estilo anos 80... Muito enchimento de linguiça pra pouca entrega. Mas é o tipo de filme que fisga alguns bestas que vão achar "um dos melhores do ano".

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • C Henri

    Cheio de furos, mas a ideia foi boa, usando essa tecnologia de interatividade num filme em que próprio enredo fala de escolhas, realidades paralelas e multiversos; mas no caso se isso realmente existisse seriam infinitas possibilidades e não apenas duas e voltando pra um determinado ponto quando chegasse num impasse... Legal, mas ainda prefiro mil vezes Donnie Darko...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • C Henri

    Sou um dos maiores fãs do Lars, mas desde Anticristo até agora, o único filme que realmente amei foi "Melancolia", os demais me pareceram uma necessidade e tentativa de chocar, culminando em "Ninfomaníaca" e agora neste, mas que não conseguem chocar em nada a ninguém, pelo menos não a mim que sou acostumado com filmes mais gores. No mais, seus últimos trabalhos me soaram pretensiosos demais, apenas com uns toques de genialidade aqui e ali, mas não como um todo.

    Alguns pontos que achei interessantes e gostei aqui foram a intertextualidade com "A Divina Comédia" e com a própria obra do diretor, o humor negro característico de sempre... mas receio que o Lars esteja perdendo a mão como acontece com tantos ótimos cineastas ao envelhecerem, embora ainda continue deliciosamente autoral, aqui podemos ver todos os elementos comuns de seus filmes, divisão em capítulos, mesclagem de footages de outros vídeos, inspirações pictóricas, etc...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Joezer
    Joezer

    Opa, valeu. Eu gosto de montar listas, que sejam enxutas e somente com filmes que considero bons, ou quero ver. Se achou algo interessante lá, conta como recomendação. xD E vi que você curte bastante filmes de terror, então fique à vontade pra indicar alguns (Eles encaixando na lista ou não).

    Té mais, conversamos!

  • Joezer
    Joezer

    Muito bom gosto por aqui, cara. Te adicionei, gostaria de acompanhar os bons filmes que você vê.

    Valeu!

  • Guilherme Oliveira
    Guilherme Oliveira

    Está aceito, meu caro. Seja bem-vindo!

    Vejo que é um entusiasta do cinema sul-coreano conteporâneo. Sendo assim, gostaria de indicar-lhe quatro películas. São elas: Hope, Bleak Night, Montage e Han Gong-ju. Espero que goste. Abraço!

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.